Carta dos Direitos Pessoais

  1. Eu tenho o direito de pedir o que eu quero.
  2. Eu tenho o direito de dizer “não” a pedidos e exigências que eu não posso atender.
  3. Eu tenho o direito a expressar todos os meus sentimentos – positivos e negativos.
  4. Eu tenho o direito a mudar de opinião.
  5. Eu tenho o direito de cometer erros e de não ser perfeito.
  6. Eu tenho o direito de seguir os meus valores e crenças.
  7. Eu tenho o direito de dizer “não” a tudo aquilo que eu não me sinta em condições de realizar, que seja pouco seguro ou que entre em conflito com os meus valores.
  8. Eu tenho o direito de determinar as minhas prioridades.
  9. Eu tenho o direito de não me sentir responsável pelas acções, sentimentos ou comportamentos dos outros.
  10. Eu tenho o direito de esperar honestidade dos outros.
  11. Eu tenho o direito de estar zangado com alguém que eu amo.
  12. Eu tenho o direito a ser eu próprio e a ser único.
  13. Eu tenho o direito de expressar medo.
  14. Eu tenho o direito de dizer: “Eu não sei”.
  15. Eu tenho o direito de não dar desculpas e justificações para o meu comportamento.
  16. Eu tenho direito ao meu espaço e tempo.
  17. Eu tenho o direito a ser brincalhão.
  18. Eu tenho o direito de ser mais saudável do que aqueles ao meu redor.
  19. Eu tenho o direito de sentir-me seguro e de viver num ambiente protegido.
  20. Eu tenho direito a fazer amigos e a sentir-me confortável quando estou com os outros.
  21. Eu tenho direito de mudar e de crescer.
  22. Eu tenho o direito que os outros respeitem as minhas necessidades
  23. Eu tenho o direito de ser tratado com dignidade e respeito.
  24. Eu tenho o direito a ser feliz.

(tradução de “Bill of Personal Rights”, autor desconhecido)

Anúncios